Abaixo a resposta, para não dizer absurda, do Ministério Público de São Paulo, referente a Guarda Armada nos Centros de Progressão Penitenciária “CPP”.

A luta continua através das articulações com os deputados e trabalho junto dos veículos de imprensa.

Parece que o Centro de Progressão Penitenciária não é uma Unidade Prisional, pela qual o Estado tem o dever de cuidar e garantir a segurança de todos (funcionários e presos).

MP-1 guarda armadaMP-2 guarda armadaMP-3 guarda armada